Casos de Sucesso

Colaborativa firma parceria com Secretaria de Educação de Barueri

Colaborativa firma parceria com a Secretaria de Educação para implantar tecnologia Google for Education em toda a rede de ensino de Barueri

(Barueri é a primeira cidade do país a implantar a tecnologia Google em toda a rede de ensino simultâneamente)

A Colaborativa, consultoria de tecnologia educacional, firmou parceria com a Secretaria de Educação para implantar na rede de ensino de Barueri a plataforma Google For Education. A iniciativa é da Secretaria de Educação que aposta na era digital e prioriza o uso da tecnologia como ferramenta de aprendizagem. Em 2019, 46.222 mil alunos e 2.300 professores já se beneficiarão com o novo projeto. “fala da Secretaria – Secom Barueri)

A rede de ensino terá à disposição chromebooks para cada aluno da rede, 11.900 óculos de realidade virtual, 361 carrinhos para transportar os novos computadores, telas e projetores para todas as salas de aula e 110 terminais para videoconferência, entre outros benefícios.
Todos os professores da rede de Barueri passarão por treinamento com a equipe especializada em transformação digital e formação da consultoria Colaborativa. Desde o dia 03 de dezembro até o dia 13 do mesmo mês, o Centro de Aperfeiçoamento dos Professores está abrigando as primeiras turmas que integram os cursos específicos sobre a nova plataforma.

O projeto teve o seu start em uma cerimônia de apresentação, que aconteceu em 30 de novembro e contou com a presença de autoridades de Barueri, gestores da Educação e representantes do Google e da Colaborativa. “É um grande projeto, desafiador e apaixonante, afinal temos nas mãos a oportunidade de abrir um novo caminho para o conhecimento”, afirma Beni Kuhn, CEO da Colaborativa.

De acordo com o diretor do Google For Education, Alexandre Campos, as ferramentas digitais podem ajudar os professores a formar cidadãos digitais responsáveis, exploradores globais e criadores ambiciosos. Ele também reforçou que é fundamental que os professores mudem a dinâmica dentro da sala de aula. “Hoje, os alunos não conseguem ficar prestando atenção da mesma forma que ficávamos: sentados, quietos”, pontuou.

Compartilhe isso...
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *