Curiosidades

Storytelling na Educação

É extensa a literatura que demonstra as reais contribuições do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação em contexto escolar. 

Desde o Jardim de Infância (AMANTE, 2007) até o ensino superior (LOBO & MAIA, 2015), fomentar o uso de ferramentas tecnológicas no processo de aprendizagem pode contribuir para uma aproximação Escola x Sociedade, tão crível no cenário educacional.

O uso de ferramentas de tecnologia não só facilitam o trabalho pedagógico quanto também contribuem para um aprendizado significativo e mais eficiente dos alunos.

No que tange especialmente às narrativas digitais estimula-se a pesquisa eficiente, o desenvolvimento da colaboração, as habilidades comunicativas e a literacia.

À luz dos estudos de consciência fonológica, tão bem quistos pelos profissionais de alfabetização brasileiro, a integração e instantaneidade dos programas de troca de mensagens e/ou que aliam áudio e imagem causam um certo frenesi nas crianças, estimulando-as a seguir na trilha de aprendizagem e desafiando-as a criarem suas próprias explicações e suposições de um dado problema, expondo-os de maneira autoral sem os entraves da timidez das apresentações em público.

  Criar roteiros e narrativas não é novidade no processo educacional, é uma prática ancestral que contribui para o desenvolvimento do pensamento crítico, da imaginação, da interpretação, entre outras habilidades. Transformar isso numa praxi atraente e estimulante é mais fácil do que se pensa, diversas ferramentas auxiliam este processo de criação de narrativas digitais.

Entre elas está o Toontastic – aplicativo de contação de história que permite soltar a imaginação e imprimir suas histórias num delicioso desenho animado, gravado e narrado pelos próprios autores.

O Read & Write é também um excelente recurso para prática de leitura e escrita. Com ele o professor pode gravar suas narrativas ou solicitar que o aluno envie um áudio de certo trecho do livro paradidático adotado no momento, sem expô-lo às críticas dos outros alunos, nas leituras em alta voz.

Síndrome da página em branco? Que tal auxiliar seus alunos ou até você mesmo na prática da escrita utilizando o StoryBird, um poderoso conjunto de ferramentas criativas, administrativas e sociais fáceis de usar para escrever, ler e contar histórias em ambientes educacionais.

Roberta Rocha

Integra a Equipe Pedagógica da Colaborativa, amante de Educação e crente de que a qualidade desta nunca será maior que a qualidade dos nossos professores.

Compartilhe isso...
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *